Textos

DEIXE DE LADO A DOR E A RAIVA

“Deixe de lado a dor e a raiva”

Um inimigo do coração é a raiva. Ficamos com raiva quando não conseguimos o que queremos.

Mostre-me uma pessoa zangada e eu lhe mostrarei uma pessoa ferida. E garanto que essa pessoa está magoada porque algo foi tirado dela. Alguém lhe deve algo.

Todos conhecemos pessoas cuja raiva pode ser expressa das seguintes maneiras: “Você arruinou minha reputação”. “Você roubou minha família.” “Você levou os melhores anos da minha vida.” “Você destruiu meu primeiro casamento.” “Você me roubou minha adolescência.” “Você tirou minha pureza.” “Você me deve um aumento.” “Você me deve uma chance de tentar.” “Você me deve uma segunda chance.” “Você me deve carinho.”

A raiz da raiva é a percepção de que algo foi tirado de você. Eles devem algo a você. E agora uma relação dívida-devedor foi estabelecida.

E você? Que dívida está causando a raiva que você sente?
Até quando você vai permitir que as pessoas que te machucaram controlem sua vida? Outro mês? Outro ano? Outra fase da sua vida? Quanto tempo?

Eu gostaria de propor que hoje seja o dia em que você pare de se agarrar à dor!
Embora seja verdade que você não pode desfazer o que aconteceu, também é verdade que você não precisa deixar o passado controlar seu futuro. Em Efésios 4, somos ordenados a “abandonar toda amargura e ira”. Fazemos isso “perdoando uns aos outros.

O remédio para a raiva é o perdão.

Se esperamos ser pagos pelos danos que nos foram causados, seremos nós que pagaremos. Se, por outro lado, cancelarmos as dívidas que nos são devidas, seremos liberados.

A raiva não resolvida resultante de dano intencional ou não intencional é a mais devastadora. No entanto, de certa forma, é o mais fácil de vencer. Você simplesmente decide pagar a dívida. Você decide e declara: “Você não me deve mais.”

Siga este processo de quatro etapas hoje:

1 Identifique com quem você está com raiva.
2 Determine o que eles devem a você.
3 Cancele a dívida e perdoe.
4 Não deixe a raiva crescer novamente.

One thought on “DEIXE DE LADO A DOR E A RAIVA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *